Aspar Team MotoGP

Tentando encerrar uma já longa má fase, a Aspar vai renovada. Com a partida de Nicky Hayden para a Superbike, a equipe escalou Yonny Hernández para formar par com Eugene Laverty, mudando da Honda para Ducati

Juliana Tesser, de São Paulo

Assim como fez no ano passado, a Aspar vai para 2015 tentando renascer. Depois de mais uma temporada frustrante, quando fechou o ano com o 12º posto no Mundial de Equipes, 630 pontos atrás da campeã Yamaha, o time de Jorge Martínez decidiu abandonar a Honda e agora contará com Ducati.

Além da GP14.2, a Aspar também surge com um line-up diferente, uma vez que Nicky Hayden partiu para o Mundial de Superbike. Assim, o colombiano Yonny Hernández chega para formar dupla com Eugene Laverty.

Sede: Valência, Espanha
Moto: Ducati Desmosedici GP14.2
Principais dirigentes: Jorge Martinez Aspar e Gino Borsoi
Em 2015: 12ª no Mundial de Equipes
Melhor resultado: 6ª no Mundial de Equipes em 2012 (Campeã CRT)
Melhor tempo em Sepang: 2min01s644 (Yonny Hernández, 14º)
Melhor tempo em Phillip Island: 1min30s492 (Yonny Hernández, 18º)
Melhor tempo em Losail: 1min55s894 (Yonny Hernández, 12º)

#50 Eugene Laverty

 

Nascimento: 3 de junho de 1986 – Toomebridge, Irlanda do Norte (29 anos)
Carreira na MotoGP: 18 GPs
Nove pontos
Melhor resultado: 22º colocado em 2015
Em 2015: 22º no Mundial de Pilotos

Depois de realizar o sonho de estrear na MotoGP em 2015, Eugene Laverty agora tem a missão de se mostrar melhor adaptado ao Mundial de Motovelocidade. 

No ano passado, a RC213V-RS não era uma boa moto, o que, claro, limitou a performance dos pilotos. Neste ano, Laverty vai contar com a GP14.2, protótipo com que a Ducati terminou a temporada 2014 do Mundial.

Apesar da evolução exibida pelo time de Borgo Panigale, essa moto ainda não é o que a Ducati tem de melhor, mas se mostra um equipamento melhor do que aquele usado pelo time espanhol no ano passado.

#68 Yonny Hernández

 

Nascimento: 25 de julho de 1988 – Medellín, Colômbia (27 anos)
Carreira na MotoGP: 64 GPs
158 pontos
Melhor resultado: 14º colocado em 2015
Em 2015: 14º no Mundial de Pilotos

Yonny Hernández começa 2016 em uma casa nova. Piloto da Pramac desde 2014, o colombiano se juntou a Aspar neste ano para formar dupla com Eugene Laverty.

Ao contrário do companheiro de equipe, no entanto, Yonny vai correr com uma moto com a qual já está acostumado, uma vez que o time italiano também usava equipamento Ducati. Aliás, Hernández corria com a GP14.2 em 2015.